HomeNeurociênciaA importância da neurociência para a Fisioterapia

A importância da neurociência para a Fisioterapia

13 de setembro de 2020

“A Fisioterapia é definida como a ciência da saúde que estuda, previne e trata os distúrbios cinéticos funcionais que acontecem em órgãos e sistemas do corpo humano.”

E qual a importância da Neurociência na Fisioterapia?

Ao ler essa frase, pensei: “É simples, a Fisioterapia não existe sem a Neurociência!”. É possível desenvolver algum tratamento fisioterapêutico eficaz sem conhecimento sobre o Sistema Nervoso? Não! Não é possível. A Fisioterapia é a ciência da saúde que trata e previne os problemas do corpo humano relacionados com movimento. Se falamos em movimento, falamos em Sistema Nervoso, já que ele é o grande orquestrador dos nossos movimentos. É ele quem recebe as informações do ambiente e envia as ordens para nos movimentarmos, de maneira voluntária, movimentando os músculos, ou de maneira involuntária, movimentando órgãos internos responsáveis pela manutenção do nosso organismo, como por exemplo, as batidas do nosso coração, a nossa respiração.

Portanto, futuros fisioterapeutas, temos que cair dentro da Neurociência! Quanto mais conhecermos e entendermos desse assunto tão interessante, melhores tratamentos poderemos oferecer aos nossos pacientes!

Lavínia Silveira

Parceiros

Neurostudent
infosPharma
Aprender Educacional